21 - 97047-7317 | 97047-7274
21 - 3392-7857 | 2425-1630 | 2427-4353

Blog

O mito dos carpetes e tapetes serem maléficos para a saúde

Fazer a decisão de adquirir aquele lindo carpete para deixar o ambiente mais sofisticado e pensar se ele não irá trazer problemas a saúde, é uma dúvida de muitos.

Ao entrar em um ambiente revestido por carpete e pensar que ali é o lugar inapropriado para alergias, irritações e portadores de doença respiratórias, é muito comum. Mas aqui, iremos esclarecer alguns pontos e provar que isso não é verdade.

De um lado temos a indústria que de tempos em tempos nos traz a tecnologia nos carpetes com fibras sintéticas, anti manchas e prometem reter o pó fino em suspensão no ambiente.

Além de contar com um tratamento que protege contra fungos e bactérias, uma infinidade de benefícios para o consumidor não ter problemas com limpeza, e principalmente, com a saúde.
Do outro, relatos e boatos de quem diz do mau que tal material pode causar, especificamente em crianças, e animais domésticos.

Carpete alérgico - Modelos de Carpetes - Rio de Janeiro

Mas tudo não passa de um mito

Isso mesmo. A Association de Recherche Clinique en Allergologie et Asthmologie – Paris, França (ARCAA) e Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) provam e comprovam: Alergias e irritações não são causadas por tapetes e carpetes.
Sabemos que ácaros são os principais impulsionadores para doenças como a conjuntivite, asma, rinite, espirro, coriza, obstrução nasal, e coceira, já que podem ser localizados no pó fino que flutua no ar.

Porém, carpetes, diferente do que muitos pensam, retém esse pó tornando o condicionamento do ar melhor.
Então, como os ácaros se proliferam?

Existem alguns fatores que você pode evitar para o acúmulo de ácaros dentro de casa. Na umidade por exemplo, quando essa se encontra entre 50% e 80%, é certo de que será ideal para sua proliferação, sem contar que eles conseguem sobreviver entre -17°C e 45°.

Atente-se também com a limpeza do lar, pois eles se nutrem de restos de alimentos, células mortas da pele e sobretudo o mofo.

Carpete alérgico - Modelos de Carpetes - Rio de Janeiro

E falando de limpeza…

Até aqui que vimos que carpetes não fazem mal algum em vista do que é falado por aí, mas nem por isso iremos esquecer ou deixar de fazer a nossa parte: o zelo pela limpeza.
A indústria vem evoluindo para nos proporcionar segurança sem correr riscos, mas é importante lembrar que a manutenção da limpeza do mesmo deve ser feita com frequência.

Primeiro de tudo, devemos verificar as características dele, se pode ou não ser aspirado, lavado, entre outras recomendações, e isso vale não só para mantê-lo limpo, mas para estender a duração, e assim conservar sem se preocupar em ter que comprar outro.

Ao fazer a aspiração do seu carpete, é recomendável utilizar o aspirador com filtro de água, visto que, o aspirador normal, puxa o ar de um lado, e solta do outro.

Na hora da compra, analise também, aqueles que dispõem de propriedades antialérgicas com fibras sintéticas, contra bactérias e fungos, à prova de manchas e por aí vai, há inúmeros tipos para todos os gostos, sem deixar a desejar na sua decoração.